Quem participou da APSotW Brasil?

Ufa, terminamos de corrigir os exercícios. Deu um trabalhão, mas foi uma experiência muito legal. Conhecemos diferentes estilos de pessoas, de repertórios e jeitos de pensar estratégia. Os feedbacks começam a chegar amanhã, mas  já dá para a gente conhecer um pouco mais sobre a nossa primeira turma de alunos.

A primeira boa notícia foi sobre quantidade. Foram 49 trabalhos [descobrimos 4 trabalhos extraviados que se somaram aos 45 que anunciamos] e isso é muita coisa. Mais do que o triplo do que rola na média da APSotW gringa. O povo está animado!

A segunda coisa legal foi sobre diversidade. E diversidade em todos os aspectos:

-> Região: tivemos trabalhos vindos de 10 capitais diferentes do país;

-> Idade: teve gente super jovem com apenas 19 e gente mais madura, até os 49 anos;

-> Porte de empresa: recebemos trampos de gente de empresas enormes como Honda, JWT e AlmapBBDO. Mas também de agências super pequenas, empresas jr e até pequenas produtoras.

-> Áreas: teve gente de planejamento de agência, claro. Mas também teve gente de Marketing, de RP, de Social Media, de Atendimento, de Mídia, de Channel Planning e até de Art Buyer.

perfil apsotw

Enfim, foi muito legal contar com tanta gente e tão diversa logo na nossa estréia. Obrigado a todos que participaram e fiquem de olho que os feedbacks estão chegando

 

Uma biblioteca de exercícios e feedbacks

Screen Shot 2013 11 06 at 3 08 55 PM

Um bom jeito de perceber o valor da APSotW é chafurdar em tudo o que ela já produziu. São mais de 20 exercícios e centenas de respostas e feedbacks. E tem de todo tipo: de feijão a cruzeiro marítimo, de definição de problema à estratégia cultural, de apresentação à vídeo.

Coisas que muitas vezes a gente nem se dá conta que dá pra treinar e aprimorar. Mas dá.

Além disso, a APSotW “produziu” alguns recursos extra, em especial uma boa coleção de vídeos curtos com técnicas e dicas. Aqui você pode vasculhar por tudo o que já rolou desde 2005.

Os primeiros

Ontem a APSotW foi para o ar. A recepção foi super positiva e a gente ficou feliz porque indica que as pessoas querem praticar. Boa notícia.

E, pelo jeito, querem tanto que tem gente que se empolgou e até já mandou o trabalho – um salve para os nossos primeirões Bruno Lunardon e Patricia Marrese.

Se mais alguém já quiser mandar, beleza. Mas, lembrem-se que vocês tem até o dia 15. Todos os trabalhos que a gente receber até essa data vão receber o feedback e concorrer à vaga na conferência.

O exercício e tudo o que você precisa saber está aí embaixo.

Olá, Account Planning School of the Web

A APSotW é uma ideia especial, porque representa o que o planejamento tem de melhor.

Uma das características dessa coisa de fazer planejamento é que generosidade e aprimoramento andam juntos. De verdade, ninguém melhora como planejador se não for alvo de generosidade de alguém. E ninguém continua melhorando se não passar isso pra frente.

Quando o tal do Russell Davies inventou de propor exercícios e dar um feedback a qualquer um que se arriscasse a fazê-los, ele estava levando essa generosidade para além das fronteiras da sua agência ou da sua equipe. Ele queria trocar, aprender, fazer coisas juntos.

A mesma coisa vale para os caras que se dispuseram a continuar o projeto depois que o Russell foi fazer outras coisas.

A partir de hoje, a Account Planning School of the Web vai ter a sua versão brasileira. Para que os planejadores daqui possam trocar, aprender e fazer com gente daqui.

Para conhecer mais sobre a APSotW, clique aqui.

Para saber como participar, clique aqui.

E para começar, é só ler o post aí de cima.

Sinta-se em casa.